Empresas e sites da Europa e da Europa Oriental foram alvo de um ataque cibernético nesta terça-feira (27). Dois ransomwares – tipo de malware (software nocivo) – conhecidos como Petya e Cryptolocker aparentemente ressurgiram para afetar computadores. A Espanha foi o grande alvo, até o momento, e há indicadores da propagação para o Brasil.

Além da Ucrânia, sistemas de informática da Rússia, Inglaterra e Índia também foram atingidos. Além de bancos, escritórios do governo, companhias e aeroportos foram afetados. O Petya foi responsabilizado por ter causado interrupções em sistemas em 2016. O ransomware restringe o acesso ao sistema infectado e cobra um resgate para que o acesso possa ser restabelecido.

Já o Cryptolocker é um vírus de resgate como o WannaCry, que bloqueou mais de 200 mil computadores em mais de 150 países em maio. O CEO da Bidweb, Fábio Costa, que é engenheiro com especialização em segurança da informação, deu dicas de como as empresas podem se prevenir. A Bidweb é uma empresa do Porto Digital.

Fonte: Folha PE